Quarta-feira, 22.11.17

Fusão

Fusão.jpg

Não questiones a razão

Não procures a verdade

Pois existe distribuição

De ambas em quantidade

 

Procura distanciação

P’ra veres a realidade

Com total abstracção

E toda a simplicidade

 

Não retires conclusão

Pois terás uma infinidade

Cada qual com seu pendor

 

Mistura tudo em fusão

Constrói a diversidade

Permite tão só o amor.

publicado por poetazarolho às 05:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 16.11.17

Meditação instantânea

Meditação instantânea.jpg

Meu futuro é o passado

Estou bem aonde estou

Por muito ter meditado

É que não sei onde vou

 

Vou daqui a nenhum lado

Mas o pensar disparou

Não penso estar parado

Pois algo me alcançou

 

Foi o verso a caminhar

À deriva pelo universo

Fazendo o poema esperar

 

Tornado o poema disperso

Tenho a certeza de chegar

Mas desconheço o processo.

publicado por poetazarolho às 20:14 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Segunda-feira, 06.11.17

Esperança sombria

Esperança sombria.jpg

Tudo tem um outro lado

Esperança não é excepção

Até o mais esperançado

Tudo vê cair ao chão

 

Vê o futuro amputado

Na presente degradação

P’la forma como é tratado

Morre a humana condição

 

Nasce esperança sombria

Num mundo tão desigual

Só igual em declarações

 

Pode ser num novo dia

Ou num velho, não faz mal

Lhe mudemos intenções.

publicado por poetazarolho às 07:11 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Favorito

mais sobre mim

links

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

pesquisar neste blog

 

subscrever feeds

blogs SAPO