Life is Good

 

Minha linda bola de cristal

Toda cravada de diamantes

Esconde-nos o que vai mal

Nem que seja por instantes

 

Não mostres a vala comum

Onde miséria humana grassa

Quedar-nos-emos pelo jejum

De toda e qualquer desgraça

 

Mostra-nos num ecrã plano

Dum aparelho Life is Good

Todo aquele lado mundano

 

Desta vida os belos prazeres

Luxo muito, riqueza amiúde

Todo o lixo é pr’a esconderes.

publicado por poetazarolho às 21:01 | link do post | comentar