Dr Zeca

 

Que venham mais cinco

Dos índios da Meia-Praia

O que faz falta é o afinco

Para que o vampiro caia

 

Traz outro amigo também

No comboio descendente

Maria Faia também vem

A morte saiu à rua doente

 

Eu vou ser como a toupeira

A formiga no carreiro não dá

Viva o poder popular, não falha

 

Nefretite não tinha papeira

Os eunucos já nós temos cá

Vê lá como se faz um canalha.

publicado por poetazarolho às 19:09 | link do post | comentar