Fados

 

O fado de Coimbra ecoa

Do Choupal até à Lapa

Escuta o fado de Lisboa

Do Rossio à Madragoa

 

Um vem de capa e batina

Presenteia com a serenata

Uma jovem e bela menina

No outro a guitarra trina

 

Há quem lhe chame castiço

Mas eu não me meto nisso

Prefiro o fado experimental

 

Por isso não me levem a mal

Os que preferem fado bailado

E há quem só prefira o fado.

 

http://www.youtube.com/watch?v=apROkg7zQ3s

 

http://www.youtube.com/watch?v=QoEZB0XvEZQ&feature=related

publicado por poetazarolho às 18:11 | link do post | comentar