Excepção é regra

 

Regra confirmada p’la excepção

Abaixo de cinquenta por cento

Acima deste valor dá-se inversão

Excepção passa a regra portanto

 

Tudo é volátil no nosso mundo

Das humanas regras fabricadas

Tudo pode mudar num segundo

P’las regras nunca antes aplicadas

 

As regras mais implacáveis

São as regras da mãe natureza

Impõem-se com tal velocidade

 

De consequências incontroláveis

Podem num segundo de incerteza

Arrancar o coração à humanidade.

publicado por poetazarolho às 19:39 | link do post | comentar