Bairros altos

 

Com Puccini no coração

Os okupas do Bairro Alto

Juntaram-se à multidão

La Bohème deu um salto

 

Saiu do Quartier Latin

Com todos os proletários

Encontrou por cá o afã

Destes tempos temerários

 

Houve festa e alegria

Muita música e poesia

Era grande a diversão

 

Mas a outra face havia

Desta moeda que falia

Trazendo a desilusão.

publicado por poetazarolho às 23:01 | link do post | comentar