Allways smile

Allways smile.jpg

Não me apraz ser sério

Rio-me mesmo de mim

Para muitos um mistério

Mas que querem sou assim

 

E só sei que nada sei

Mesmo pouco sabendo

Em terra de cegos é rei

Quem tem um olho vendo

 

Não aspiro a tal posição

Serei servo até morrer

Esta é a minha missão

 

Rir até sem perceber

Muitas vezes a razão

Muitas vezes sem saber.

publicado por poetazarolho às 23:41 | link do post | comentar