Caminhar

Caminhar.jpg

A utopia estava aqui

Mas logo desapareceu

Pois assim que eu corri

Logo ela também correu

 

Olhei lá para o fundo

Logo ela se mostrou

E o meu sonho profundo

Logo, logo a alcançou

 

Mas no acto de acordar

Constatei que a utopia

Não se deixara apanhar

 

Então pus-me a meditar

Já que sempre que a via

Nunca a podia alcançar.

publicado por poetazarolho às 23:11 | link do post | comentar