Desumanidade

Desumanidade.jpg

Liberdade para a guerra

Igualdade para alguns

Fraternidade encerra

Alguns desejos comuns

 

De os ver na sua terra

Onde praticam jejuns

A gente vai lá e ferra

Não queremos cá nenhuns

 

Esta é a lei da bala

Que devolve explosões

Apocalípse e ansiedade

 

Só a mão que embala

Pode educar corações

P’ra mudar a humanidade.

publicado por poetazarolho às 18:01 | link do post | comentar