Do verbo e do abismo

Do verbo e do abismo.jpg

Era o tudo e era o nada

No início do estado verbal

E uma aparência desfigurada

Contra o bem e contra o mal

 

Essa realidade percepcionada

Seria em todo o caso fatal

Pois a parte descodificada

Viria a revelar-se-nos letal

 

Faz parte do relativismo

Inerente à mente humana

No processo de descodificação

 

O verbo oculta o abismo

Numa lógica cartesiana

Mas o abismo resulta da acção.

publicado por poetazarolho às 03:47 | link do post | comentar