Horizontes

Horizontes.jpg

Projecto além do horizonte

Apenas realidades perfeitas

As que vislumbro defronte

Assemelham-se-me suspeitas

 

Suspeitas porque não gosto

Ou as deturpam ferozmente

Sem a máscara até aposto

Seriam perfeitas p’rá gente

 

Mas se a perfeição não existe

Teremos que nos contentar

Com uma busca incessante

 

Perto anda quem não desiste

De o caminho encontrar

E a cada queda se levante.

publicado por poetazarolho às 07:32 | link do post | comentar