Infernos

Infernos.jpg

Já houve outros infernos

E o de Dante também

Mas nos tempos modernos

Consegue-se ir mais além

 

Do inferno da indiferença

Ao inferno da sofisticação

Tens que ter uma licença

Mas nunca terás perdão

 

És culpado por existir

Por isso tens que pagar

Para o inferno manter

 

Não deves sequer ouvir

Nem ouses dele falar

Muito menos tentes ver.

publicado por poetazarolho às 05:19 | link do post | comentar