Mal amanhado

Mal amanhado.jpg

Tenho destino marcado

A giz e pó de carvão

Sou tipo mal amado

Em cada dia ao serão

 

Cérebro mal amanhado

Mais parece um vulcão

Vida passa-me ao lado

Qual será a equação ?

 

Raíz quadrada de nada

Elevada a uma potência

Saída do fim do mundo

 

Recta e curva fechada

Acentuam a deficiência

Sou minutos por segundo.

publicado por poetazarolho às 06:55 | link do post | comentar