Não rastejas

Não rastejas.jpg

 A beleza está gravada

Mesmo se não desejas

Até na terra queimada

Ainda que não a vejas

 

É a longa caminhada

Onde as mágoas despejas

E com a alma renovada

Nesse pranto não rastejas

 

Vês muito além de ver

E sabes que a natureza

Cumprirá a sua missão

 

Sentes muito além do ser

Consegues ver a beleza

Onde houve destruição.

publicado por poetazarolho às 09:46 | link do post | comentar