Naturezas

Naturezas.jpg

 Arde ainda o meu coração

Não sendo o fogo do amor

Mas antes de consternação

Por tanto irmão arder de dor

 

Sem encontrar a explicação

Onde explicam tanto rumor

Incrédulo com esta situação

Nela apenas vejo o horror

 

Assumido como inevitável

Digno do verdadeiro autor

A natureza toda soberana

 

Que não sendo governável

Pode ter como seu mentor

A própria natureza humana.

publicado por poetazarolho às 23:43 | link do post | comentar