Percepções

Percepções.jpg

Da percepção à realidade

Insiste o ruído em bailar

Ofuscando toda a verdade

Tentando apenas baralhar

 

De tudo esquece a metade

Sobre a outra vai dormitar

Acorda depois com vontade

De dois terços não lembrar

 

Sobre o terço restante

Derradeiro teste aplicar

Atira ao oceano profundo

 

Observa então o horizonte

Se ainda vires algo a boiar

Esquece tudo num segundo.

publicado por poetazarolho às 00:07 | link do post | comentar