Psi xote

Psi xote.jpg

Preocupado com o efeito

Atirou-se à psicologia

Pois pensou que o defeito

Sendo seu nunca o seria

 

Cavalgou de novo a eito

Muito mais que noutro dia

Terminou assim desfeito

Da cura quase morria

 

Sentindo-se contra feito

Descansou sem descansar

No fim ficando absorto

 

Renasceu de novo refeito

Quem o havia de curar

Não passara dum aborto.

publicado por poetazarolho às 23:53 | link do post | comentar