Remédio santo

Remédio santo.jpg

O marquês no labirinto

Da nossa triste agonia

Qu'o povo anda faminto

Anseia p'la democracia

 

Quarent'anos estropiada

Neste nosso lodaçal

Onde já não sobra nada

Nem justiça social

 

P'ra tudo estar terminado

Só vejo uma solução

Remédio santo administrar

 

Ou usar o apito dourado

E dar ordem de expulsão

A quem andou a governar.

publicado por poetazarolho às 01:48 | link do post | comentar