Roma já está a arder

Roma já está a arder.jpg

Em Roma sê romano

Mesmo que esteja a arder

É próprio do ser humano

Com o fogo conviver

 

O mundo está no mundo

Muitas vezes sem pensar

Mas não parece fecundo

Este seu modo de estar

 

A cada um sua acção

A cada um seu veneno

São as prestações a pagar

 

Num mundo de contradição

Quis ser grande é pequeno

Quis viver vai-se matar.

publicado por poetazarolho às 23:27 | link do post | comentar