Sê apenas

Sê apenas.jpg

Ele não dorme acordado

Mas o seu povo na terra

Deixa-o atormentado

Só pensa fazer a guerra

 

Sua receita de paz

Polvilhada por amor

Seu desígnio aqui jaz

Sob o manto do horror

 

Mais forte o chamamento

De desígnios inferiores

Petróleo, diamantes e ouro

 

A vida é um momento

Só serás aquilo que fores

Sê tu próprio o tesouro.

publicado por poetazarolho às 22:58 | link do post | comentar