Aguenta povo

 

Deus Neptuno avaliou

O capitão descansou

A nau não afundou

Às dezoito comunicou

 

Este é o rumo actual

Do país que é Portugal

O povo vai passar mal

Aguentará o temporal?

 

Depois teremos bonança

Num tempo que sei virá

Tão longe que o não vejo

 

Não morre a esperança

E este povo resistirá?

Não sei! Fica o desejo.

publicado por poetazarolho às 19:31 | link do post