2013

 

Este ano que ora finda

Não vai deixar saudades

O que não começou ainda

Já prepara suas maldades

 

Ainda assim meus votos são

De paz, saúde e amizade

Para todos sem excepção

E que haja solidariedade

 

Há quem deseje paciência

Por não nos conhecer bem

Ou saberia por experiência

 

Essa temo-la nós de sobra

E não é o ano que aí vem

Que a nossa vontade dobra.

publicado por poetazarolho às 20:37 | link do post