Provocação

 

Aceitem a provocação

Da minha sinceridade

Porque vem do coração

Num acto de liberdade

 

Eu posso dizer que não

Ou sim sem ambiguidade

Mas não falho a um irmão

Até sem consanguinidade

 

Porque irmãos em Cristo

Consanguinidade provém

Do acto da própria bondade

 

E já que fui chamado a isto

Tentarei ver mais além

Será nossa a felicidade.

publicado por poetazarolho às 23:43 | link do post