Equação

 

Geométrica a ignorância

Com quantos lados não sei

Não há porém relevância

É um dado que ignorarei

 

Existe dúvida pendente

Muita certeza que brota

Duvida o inteligente

Está seguro o idiota

 

Para evoluir é preciso

Antes de mais duvidar

Reconstruir a equação

 

Ignorar com um sorriso

Certezas prontas a usar

E às dúvidas não dizer não.

publicado por poetazarolho às 21:57 | link do post | comentar