Duas faces

 

Deus não é património

É esperança, luz, paixão

Contraponto do demónio

Uma escolha do coração

 

Ambos em ti residem

Mas haverá de florescer

Embora ambos gravitem

Aquele que fizeres crescer

 

De pão não o alimentarás

Mas com oração sentida

Mais forte te tornarás

 

E de ti te esquecerás

Porque o mais fraco é vida

Tentado por satanás.

publicado por poetazarolho às 18:42 | link do post | comentar