Petrificados

 

Se o mundo enlouqueceu

Enlouqueçamos também

Se equilíbrio desapareceu

Porque não tombar além?

 

Tombamos todos juntinhos

Assim ficamos dez mil anos

Levantamo-nos alinhadinhos

Numa pose imperial ficamos

 

Quem depois nos vier visitar

Nestas majestáticas posturas

Sentirá o mistério que ressoa

 

Como terão vindo aqui parar?

Imponentes petrificadas figuras

Estas estátuas à ilha de páscoa.

publicado por poetazarolho às 19:58 | link do post