Nova luz

 

Uma nova estrela nasceu

Lá longe no firmamento

Sua luz ainda não apareceu

Ansiamos o seu surgimento

 

Dizem que é luz de bonança

Sua aurora será de rara beleza

Traz raios novos d’esperança

Mas quem pode ter a certeza?

 

Ela própria também não a tem

Mas viaja rápida e pujante

Pois acredita num novo valor

 

Confiante aponta para Belém

Leva atrás um mar de gente

Disposta a venerar o Salvador.

publicado por poetazarolho às 23:41 | link do post