Mundo ensanguentado

 

O mundo não esquece ninguém

Que essa dúvida não te assalte

Acontece na actualidade porém

Haver mundo que te sobressalte

 

Por este mundo sobressaltado

Não deves deixar-te assustar

O mundo vamos ver mudado

Assim não poderá continuar

 

Irá para melhor, irá para pior?

Não sei, depende do nosso saber

Essa ansiedade deves dominar

 

Vais ver que te sentirás melhor

Sabes, muito sangue irá correr

Nada poderás fazer pró estancar.

publicado por poetazarolho às 12:45 | link do post