Subvencionados

 

 Eles estão a abdicar

Do subsídio d’alojamento

Onde se irão alojar ?

Na escadaria de S.Bento

 

Venham ver os deputados

Estão a dormir ao relento

Deixem esmola aos coitados

Que está chuva, frio e vento

 

Ainda que não cuidem de nós

Deles temos que cuidar

Para que cuidem da nação

 

Senão o futuro será atroz

Sem nova lei pr’a aprovar

Que garanta uma subvenção.

publicado por poetazarolho às 22:03 | link do post