Não dormirão

 

Andámos indignados

Neste ano que passou

Um grupo de enrascados

Centro financeiro ocupou

 

Foi lá nos estados unidos

Mas cá na Europa também

Uns à rasca outros perdidos

Sem saber o que lá vem

 

Será já no próximo ano

Que se deverá concretizar

Frase que gostámos d’ouvir

 

Todos ao palco, sobe o pano…

[Se não nos deixam sonhar

Não vos deixaremos dormir].

publicado por poetazarolho às 22:13 | link do post