Bad guys

 

Bad girls go everywhere

Mas é preciso ser-se má

Bad boys meet you there

Isso é o que mais cá há

 

É raça humana, conheces?

Única espécie da criação

Que ante todas as preces

Não hesita, mata um irmão

 

Diz-se dotada de compreensão

Nunca vi tanta incongruência

Diz-se trás de origem coração

 

Será acessório pr’á violência

Pratica amiúde a humilhação

Por certo reflexo de inteligência.

 

http://girls-go.blogs.sapo.pt/

publicado por poetazarolho às 23:41 | link do post