DEMOcracia

 

DEMOcracia pré-fabricada

De fabrico muito duvidoso

Com a alternância estudada

Entra o corrupto e vaidoso

 

E assim se gerem as nações

Se chega ao estado ruinoso

No off-shore estão milhões

E chega agora o habilidoso

 

Traz uma mala abastecida

E apregoa a nossa salvação

Se aceitarmos a austeridade

 

Morrerão uns com sida

Outros com sida morrerão

Tal não é a promiscuidade.

publicado por poetazarolho às 23:49 | link do post