Prosa nossa

 

Poesia grande mentirosa

Vê soluções onde não há

No drama solução jocosa

Da comédia a chorar sairá

 

E a nossa vida desditosa

Em breve se transformará

Numa comédia bem gostosa

Em que o mal desaparecerá

 

E se poeticamente falando

Não mais a vida vergonhosa

Que sabemos sempre haverá

 

Mas em poesia disfarçando

O pior é quando fôr em prosa

Tod’a normalidade retornará.

publicado por poetazarolho às 22:51 | link do post | comentar