Revolução em torno do eixo

 

Mundo em transformação

Às voltas do eixo a rodar

Não chegou à revolução

Só porque roda devagar

 

Mas dá muitas revoluções

Deixando-nos cá a pensar

Se são apenas rotações

Como se irá transformar?

 

Não sabemos a resposta

Mas a terra no-la irá dar

Porque esta insatisfação

 

Não se fica pela proposta

Algo vai ter que mudar

Chegue a revolução ou não.

publicado por poetazarolho às 21:21 | link do post