Importante

 

Se fosse mais importante

A quem iria importar

Há por aí muito pedante

Com estatuto invulgar

 

Pavoneiam a importância

Em todo e qualquer lugar

Não importa a circunstância

O que importa é pavonear

 

Nesta tão absurda escala

Eu cá não me posicionarei

Prefiro a importância perder

 

Comigo ninguém se rala

Não sou rico nem sou rei

Que importância poderia ter?

publicado por poetazarolho às 00:38 | link do post