Caminharemos

 

De ti nunca desistiremos

Não desistas tu também

As nossas preces faremos

Em Fátima depois de Ourém

 

Sete dias caminharemos

Só nos pode fazer bem

Qualquer dia repetiremos

Deste caminhar fiquei refém

 

Todos os dias caminharei

Sem nada levar em mente

Levo apenas no coração

 

Chama que nunca julguei

Poder habitar na gente

Tenho sede de peregrinação.

publicado por poetazarolho às 23:39 | link do post