Maravilhas

 

As maravilhas do mundo

São todas de pedra e cal

Num pensamento profundo

Achei que estaria mal

 

Recuei então um segundo

Verifiquei ser paradoxal

Pois se tudo estava imundo

A culpa seria do animal

 

Que as maravilhas produz

Tantas delas um colosso

Mas a maravilha suprema

 

Aquela que tudo conduz

Nascida de carne e osso

É do mundo o problema.

publicado por poetazarolho às 18:16 | link do post