Amores

Amores.jpg

“Vem de ti, salta pra mim,

Vem cear à nossa mesa.”

Desde logo é um festim

Evento de rara beleza

 

Mas as coisas são assim

Podemos ter a certeza

Quano o jazz é de cetim

Fica nossa atenção presa

 

Congrega muitos saberes

Congrega todas as cores

Congrega um mundo inteiro

 

Vale a pena correrres

Atrás de muitos amores

Mas não há como o primeiro.

publicado por poetazarolho às 07:05 | link do post | comentar