Demonização

Demonização.jpg

Uma ideia cujo tempo chegou

Aproveita-se para um verso

E num ápice tudo aglomerou

Quanto nos parecia disperso

 

Demónio e anjo, humanizou

Sem nada de controverso

Invertendo tudo ordenou

Que se crie o seu inverso

 

Demónio assenta-lhe bem

Nesta nova configuração

Humanizado vê a luz do dia

 

Aprovado por todos no além

Sem nunca levantar suspeição

Pois que de anjo a pele vestia.

publicado por poetazarolho às 04:47 | link do post