Distorção

 

Esses medos incutidos

Distorceram a filosofia

Os avessos discutidos

Não o serão mais um dia

 

Cultura estamos a matar

Estreito será o acesso

Para um novo caminhar

Faz-se agora o retrocesso

 

Apregoando a evolução

Humanidade está estagnada

Num caminho extraordinário

 

Não sentimos a distorção

Da nova filosofia aplicada

Ond’o cérebro é desnecessário.

publicado por poetazarolho às 22:12 | link do post | comentar