E=mc2

E=mcc.jpg

Hoje é dia de encontro

Com o oxigénio parido

Em atmosferas d’espanto

Plenas de azoto sofrido

 

Passam no crivo entretanto

Moléculas d’esperança

Mas o hidrogénio é tanto

Jurando logo vingança

 

Terão desfecho fatal

A cada inspiração

Sendo o dióxido lançado

 

Com uma força abissal

Donde resulta a explosão

Num futuro já passado.

publicado por poetazarolho às 22:06 | link do post | comentar