Esmolando

Esmolando.jpg

“A ficar “formolizada””

Escapou em boa hora

Senão não daria em nada

Toda a poesia de outrora

 

Por dentro cristalizada

E cristalizada por fora

Sempre de perna cruzada

Lá onde outro génio mora

 

É no cima dessa rua

Garret mais propriamente

Onde está e não se amola

 

Se a mente não fosse sua

Talvez tivesse outra mente

Lhe desse pra pedir esmola.

publicado por poetazarolho às 16:10 | link do post | comentar