Há festa em Marte

Há festa em Marte.jpg

“Não mais serão impolutos”

Com a humana poluição

Mas se acaso forem brutos

Darão ordem de expulsão

 

À imensa corja de astutos

Antes que lhes deitem mão

Encham Marte de viadutos

Rotundas, arquinho e balão

 

Que o povo gosta de festa

Mas os marcianos talvez não

A seu tempo o saberemos

 

Se Marte também se presta

À nossa humana condição

E todos juntos beberemos.

publicado por poetazarolho às 12:35 | link do post | comentar