Manifesto

Manifesto.jpg

Queremos o direito à loucura

Consagrado na constituição

Bota abaixo a ditadura

Da sanidade sem opção

 

Sei que a realidade é dura

Mas impõe-se a distorção

Sem o medo da censura

Todos num só caldeirão

 

Venha a nós o sentimento

Aquele que cada um quiser

Sem qualquer ressentimento

 

Se não der para enlouquecer

Que nos passem o documento

Com permissão pra morrer.

publicado por poetazarolho às 19:32 | link do post