Matas

 

Queres fazer a guerra

Um motivo encontrarás

Mas é difícil na terra

Haver motivos p'rá paz

 

Ouro negro é uma razão

E os diamantes também

P'ra que não haja discussão

Uma qualquer razão convém

 

Matas contra o terrorismo

Matas em nome da lei

Matas contra a invasão

 

Matas por patriotismo

Matas, porquê já não sei

Matas, porque é a tua missão.

publicado por poetazarolho às 22:20 | link do post | comentar