Mistério

Mistério.jpg

Dar a vida por amor

A cada dia que passa

Pode sentir-se essa dôr

Como bala te trespassa

 

Mas refreia-se o ardor

Cresce-se sempre na graça

Pois chegado o redentor

Não leva, só nos abraça

 

Sente-se a luz do mistério

Porta aberta ao infinito

Não é passagem perdida

 

Parte nobre deste império

Onde na pedra está escrito

Que mistério é este da vida?

publicado por poetazarolho às 23:02 | link do post