Nas asas da esperança

 

Tem asas a esperança

Verde será sua côr

Não esperes a mudança

Faz-te já um corredor

 

Só correndo e suando

Te poderá recompensar

Esta melodia cantando

Faz a tua alma voar

 

Destinada a quem insiste

Recompensa mais além

Um dia tu alcançarás

 

Esperança nunca desiste

Não desistas tu também

Corre muito e voarás.

publicado por poetazarolho às 22:56 | link do post | comentar