Persistência

Persistência.jpg

Hoje nasceu o imperfeito

Do meu perfeito reflectir

Isso deixou-me desfeito

Pois inverteu-me o sentir

 

Meu ser mais rarefeito

Não sabe p’ra onde ir

Nascera assim perfeito

Estava agora a deflectir

 

Procurar outra existência

Não parecia uma opção

Dar o corpo à desistência

 

Também não foi a solução

Vivi sempre a persistência

Da minha perfeita ilusão.

publicado por poetazarolho às 13:44 | link do post