Que se desfaz

Que se desfaz.jpg

Penso à velocidade da luz

Com o cérebro enferrujado

Tudo o que vejo faz juz

Ao pensamento enlatado

 

Este périplo só me seduz

Por não ir a nenhum lado

Isso também me conduz

À quase ausência de estado

 

Ou a um estado rarefeito

Que a seguir se liquefaz

Por sentir a compressão

 

Estado cristalino perfeito

Diamante que se desfaz

Por algo novo em gestação.

publicado por poetazarolho às 00:50 | link do post | comentar