Troféus

Troféus.jpg

Em abstracto escrevo

Não olhando à situação

Até aquilo que não devo

Se pr’aí me leva a mão

 

Dos profetas nem m’atrevo

Tão pouco da religião

Deles apenas transcrevo

Toda e qualquer citação

 

Pai nosso que estais no céu

Desce à terra e anda ver

O que aqui se est’á passar

 

Cada irmão é um troféu

Alvo fácil a abater

E o prazer é chacinar.

publicado por poetazarolho às 23:16 | link do post | comentar